RESIDÊNCIA AA
PARAISÓPOLIS |  MG

área de intervenção paisagística ~2.400 m²

Ao fazer a primeira visita, ficamos encantadas com a cidade, o percurso até o terreno, tornou a visita bastante enriquecedora. O condomínio possui áreas com vegetações densas e árvores nativas, emoldurando e valorizando a principal vista da casa, que é a da frente.

O terreno é bastante complicado, com formato triangular, desnível original de 10 metros e uma inclinação de 20%. A obra já havia iniciado, e a casa foi locada no centro do terreno, criando dois platôs, além de uma grande movimentação de terra já executada, para conter a casa pensada como sobressolo.

Um projeto com grandes desafios, mas foi possível atender as expectativas e resolver as preocupações dos clientes. Conseguimos criar uma circulação no entorno do imóvel, onde será possível utilizar o carro, facilitando abastecer a casa e ter acesso a todos os níveis, sendo uma solução para o presente e a posteridade, possibilitando maior mobilidade para a família.

O  paisagismo tem uma linguagem limpa, com predominância de tons verdes e áreas gramadas . Trabalhamos com árvores e arbustos, de forma pontual, criamos maciços em planos diferentes, aproveitamos o desnível e tratamos as vistas. Trazendo privacidade para a casa e áreas de convivência.

Ao nível da rua, na parte mais baixa do terreno, elaboramos um pomar,  realizando o desejo do cliente em ter jabuticabeiras e outras frutíferas, criando um moderno bosque e enriquecendo a vista da casa.

A área é composta por uma praça de chegada, onde locamos um estar, com tacho para fogo de chão e uma bancada de apoio, para manutenção do pomar.

Da praça de chegada, parte a escada de acesso a casa, vencendo o talude íngreme existente de forma suave, desenhando a paisagem com patamares e vegetação acompanhando a subida. Chegando ao platô, a surpresa da alteração do tipo de vegetação, enriquecendo o percurso e suas descobertas do caminho, marcando a entrada da casa, criando um corredor de acesso com palmeiras delicadas e exuberantes.
Além do pomar, esta previsto o plantio de 66 árvores de 6 espécies diferentes, todas nativas: Pau-formiga (Triplaris brasiliensis); Ipê-branco (Tabebuia róseo-alba); Canafístula (Senna mutijulga); Canela-de-cotia (Esenbeckia grandiflora); Lixa (Alysia virgata) e Pau-mulato (Calycophyllum spruceanum).

RESIDÊNCIA AA
decore.me logo.jpg

interiores e fachada